Ejaculação precoce: o que fazer

“Pode afetar de 20 a 30% dos homens”

A ejaculação pode ser mais comum do que se imagina, pois estudos apontam que o problema pode afetar de 20 a 30% dos homens em alguma fase da vida. No Brasil, não se tem muitos estudos que definam o percentual de casos, os dados supracitados são de estudos norte-americanos.

Considerado um transtorno sexual ou disfunção, a ejaculação precoce ocorre quando o homem não consegue controlar a sua ejaculação. O mais comum é que ele atinja o orgasmo muito antes do parceiro, o que causa a insatisfação do outro. É possível ejacular antes mesmo de iniciar a penetração ou após dois segundos que começou a mesma.

“Procurar ajuda o quanto antes facilita o tratamento”

O tema é tratado como um problema a ser resolvido há pouco tempo e, por isso, os estudos sobre o tema são precários, tornando difícil, por um lado, identificá-lo, pois é comum que não se dê a atenção necessária, o que resulta no atraso em buscar ajuda especializada. Lembrando que quanto mais cedo isso acontecer, mais fácil é de se tratar a disfunção.

Além disso, alguns pesquisadores divergem quanto ao diagnóstico para definir se um homem sofre de ejaculação precoce ou não. De qualquer maneira, quando o ato sexual tem curta duração, levando à frustração do casal, é importante saber o que está acontecendo.

“Ansiedade, tensão e estresse podem desencadear o problema.”

As causas da ejaculação precoce são inúmeras, podendo afetar até mesmo os adolescentes quando iniciam a sua vida sexual. Ela pode ter como causa problemas físicos, como doenças e traumatismos, ou o mais comum, é que tenha origem psicológica. Ansiedade, tensão e estresse podem desencadear o problema.

Quando o homem nunca teve controle ejaculatório, o mais provável é que a origem seja mesmo psicológica. Já se a disfunção se manifestou de uma hora para a outra, o problema pode ser físico e vai precisar da avaliação de um urologista. Se for psicológica, entretanto, o mais adequado é buscar ajuda de psicólogos ou psiquiatras.

A Terapia Cognitivo-Comportamental é um dos tratamentos indicados, sendo que ele vai agir na causa primária da disfunção, após ajudar o paciente a identificar a sua origem. Por isso, se você ou seu parceiro está sofrendo de ejaculação precoce é importante buscar ajuda especializada para que o casal volte a ter satisfação na cama.

  • Realmente é um problema a ejaculação precoce, geralmente o home se sente mal pelo o ocorrido que acaba gerando mais extress e o problema se torna ainda pior, o ideal é relaxar e a companheira deve apoiar nessa hora, buscando ajuda ou simplesmente entendendo a situação, para não piorar!

Você tem alguma dica? Alguma dúvida? Deixe seu comentário

Se você quer um produto que pode ajudar na ejaculação precoce, recomendamos as capas penianas, elas ajudam porque elas tiram a sensibilidade do pênis! Confira em nossa loja: Capa peniana

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*